Sambaqui do São Bento

Endereço

Rua Francisco de Melo, s/nº
Visualizar no mapa

São Bento

CEP: 25041-210

Rede/Holding: Centro de Referência Patrimonial e Histórico de Duque de Caxias

Contatos

Celular: (21) 9274-0260

E-mail: centrodereferencia.historia@gmail.com Entrar em contato

Site: http://www.governo.rj.gov.br/municipal

Seu Nome:

Seu Email:

cancelar    

Imóvel de importância histórica:
sim
Protegido por lei de tombamento:
federal
Data de tombamento:
1961
Instituição responsável pelo tombamento:
IPHAN
Localização:
em propriedade privada, com visitação livre
Pontos de referência:
Próximo a Feuduc
Localidade mais próxima:
Centro
Distância até a localidade:
5,8 Km
Distância do Centro (Ponto zero) do município:
5,8 Km
Período:
colonial
Utilização atual do atrativo:
Sambaqui
Sinalização geral de acesso:
mal sinalizado
Sinalização turística:
mal sinalizado
Urbana:
não pavimentada
Tipo de piso:
chão batido
Rural:
Nome da principal via de acesso:
Avenida Governador Leonel de Moura Brizola
Grau de utilização atual:
utilização regular
Possibilidade de expansão no volume de visitantes:
sim
Tempo necessário para chegar ao atrativo partindo da localidade mais próxima (em minutos):
30
Descrição do acesso:
plano
No acesso encontram-se atrativos:
ambientais, vistas, elementos estéticos da paisagem, ecogeológicos, históricos, observação de fauna e flora
Outras Informações:
não há linha regular
Lei:
federal, instituição responsável: Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional
O atrativo é ou está localizado em unidade de conservação:
sim
Unidade de uso sustentável:
área de proteção ambiental
Período de funcionamento:
o ano inteiro
Horário:
Abertura:
2ª. feira 3ª. feira 4ª. feira 5ª. feira 6ª. feira sábado domingo
08h 08h 08h 08h 08h 08h 08h
Encerramento:
2ª. feira 3ª. feira 4ª. feira 5ª. feira 6ª. feira sábado domingo
17h 17h 17h 17h 17h 17h 17h
Visita:
autoguiada livre
Informações ao visitante:
Entrada:
gratuita
Atividades realizadas:
atividades culturais, atividades pedagógicas, observação, tour fotográfico
Origem dos visitantes:
municipal, entorno regional, nacional, internacional
Principais emissores:
Minas Gerais e São Paulo
Origem dos turistas internacionais:
Italia e Argentina
DESCRIÇÃO DO ATRATIVO:
O Sambaqui do São Bento consiste em um sítio arqueológico com vestígios dos primeiros agrupamentos dos povos que se instalaram em torno da Baía da Guanabara. Foi identificado no ano de 2002, por uma estudante do Curso de História da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Duque de Caxias (FEUDUC), Marcele Mandarino, estagiária do Departamento de Antropologia do Museu Nacional. A partir da comprovação da identificação foram sistematizadas visitas para estudos primários por um grupo de estudantes do curso de História da referida faculdade, coordenados pela arqueóloga Jeanne Cordeiro. Durante os anos que se seguiram o Sambaqui de São Bento tornou-se espaço de visitação de professores e alunos da Baixada Fluminense.
Parceria/associação com entidade:
municipal, estadual, regional, nacional
Observações complementares:
O Sambaqui passa por um processo de formalização, catalogação e abertura para a visitação coordenados pela administração do Museu Vivo do São Bento e as instituições que o compõem. Apesar de ser aberto à visitação, aconselha-se que o visitante busque orientação na sede do Museu Vivo para que possa receber indicações e informações relevantes.
As informações foram fornecidas pelos prestadores de serviços, e esses são responsáveis pela sua exatidão. Esclareça diretamente todas as suas dúvidas antes de planejar a sua viagem.