Conjunto Arquitetônico de Casas da Vila do Sopapo

Endereço

Rua Santa Alice, s/nº
Visualizar no mapa

Xerém

CEP: 25250-140

Contatos

Telefone: (21) 2671-1709

E-mail: gabinete.cultura@duquedecaxias.rj.gov.br Entrar em contato

Site: http://www.duquedecaxias.rj.gov.br

Seu Nome:

Seu Email:

cancelar    

Imóvel de importância histórica:
sim
Localização:
em propriedade privada, com visitação livre
Pontos de referência:
Próximo a indústria Ciferal
Localidade mais próxima:
Centro
Distância até a localidade:
31,2 Km
Distância do Centro (Ponto zero) do município:
31,2 Km
Estilo:
republicano
Arquitetura:
arquitetura moderna
Arquitetura industrial/agrícola:
vila operária
Utilização original do atrativo:
Conjunto residencial
Utilização atual do atrativo:
Conjunto residencial
Sinalização geral de acesso:
não sinalizado
Sinalização turística:
não sinalizado
Urbana:
totalmente pavimentada
Tipo de pavimentação:
asfáltica
Rural:
Nome da principal via de acesso:
Rodovia Washington Luiz
Grau de utilização atual:
utilização regular
Atendimento das necessidades atuais:
sim
Possibilidade de expansão no volume de visitantes:
em parte
Tempo necessário para chegar ao atrativo partindo da localidade mais próxima (em minutos):
65
Descrição do acesso:
plano
No acesso encontram-se atrativos:
elementos estéticos da paisagem, históricos, observação de fauna e flora
Tipo:
ônibus regular
Outras informações:
Empresa:
Viação União
Telefone: (21) 2671-4093, Linha: 03
O atrativo é ou está localizado em unidade de conservação:
Período de funcionamento:
o ano inteiro
Horário:
Visita:
autoguiada livre
Informações ao visitante:
Guia de turismo / monitor:
Entrada:
gratuita
restaurante/bar/quiosque/lanchonete, instalações sanitárias, estacionamento de automóveis, atividades comerciais, limpeza, coleta seletiva de lixo
observação, tour fotográfico
Facilidades para pessoas com deficiência:
rampas de acesso
DESCRIÇÃO DO ATRATIVO:
Conjunto de casas da década de 50, que leva o nome de Vila do Sopapo, devido as dificuldades na construção de suas moradias. Muitos dos trabalhadores da fábrica FNM, trabalhavam de dia na fábrica e a noite de forma coletiva para concluir as residências. As casas eram feitas a base de barros chapado com a mão na parede e de forma artesanal, daí o nome que elas receberam pois como se dizia na época, "as casas serão construídas nem que seja na base do sopapo".
Observações complementares:
Muitas das casas ainda se encontram na sua forma original, com os belíssimos muros que levam o símbolo da extinta fábrica da FNM. Como servem como residências particulares, a visitação pode ser feita apenas de forma externa, passeando pelas ruas e admirando a arquitetura. Sugerimos que seja feita com o acompanhamento de algum especialista para que os fatos históricos e os detalhes não sejam perdidos.
As informações foram fornecidas pelos prestadores de serviços, e esses são responsáveis pela sua exatidão. Esclareça diretamente todas as suas dúvidas antes de planejar a sua viagem.